Modelo Moderno e Modelo Tradicional de Comissionamento

Modelo Moderno e Modelo Tradicional de Comissionamento

Começando a série de artigos com os insights do livro AS MELHORES PRÁTICAS DO COMISSIONAMENTO antes vamos falar um pouco sobre o modelo tradicional de comissionamento, que está bem ultrapassado, e o modelo moderno de comissionamento.

No conceito moderno de comissionamento existe uma aplicação integrada de um conjunto de técnicas e procedimentos para inspeção e teste que vão desde os itens físicos individuais como: instrumentos, cabos, tubulações, componentes e acessórios, até os subsistemas integrados compostos de: equipamentos, malhas de controle, circuito de tubulações, intertravamentos elétricos e sistema de supervisão e controle.

O comissionamento requer uma METODOLOGIA, é através dela que podemos possibilitar a operabilidade plena do empreendimento em termos de: segurança, qualidade, desempenho, confiabilidade, previsibilidade e rastreabilidade das informações.

O modelo tradicional de comissionamento absorve uma lista de trabalhos de montagem sem precedentes não executados e proporciona a montadora se ausentar do comprometimento em realizar o acabamento da montagem, sem pendências.

Para alguns o modelo tradicional “contribui” para um tempo maior, para cobrir falhas de Gerenciamento, deficiência e erros de Engenharia, aquisições não realizadas ou não executadas por Suprimento e por consequência no final, favorecem as empresas de Construção/Montagem em “desmobilizar antes da conclusão da obra” ou solicitar novos pleitos.

O modelo moderno que apresentaremos e que é seguido pela PCM Comissionamento, foi desenvolvido tendo como a filosofia dotada pela norma Z–CR-007 da Norsok Standard – Norueguesa.

Veja, através do gráfico apresentado acima, que o modelo moderno antecipa o startup da unidade industrial de 02 a 12 meses, entre o que foi programado e os atrasos que é ocorrem normalmente no modelo tradicional.

O modelo moderno estabelece praticamente que a data do final da montagem eletromecânica será a mesma do comissionamento. O que isso quer dizer? A montagem eletromecânica termina, e, logo em seguida já se inicia o startup da unidade, alcançando produção plena.

Nos próximos artigos que serão publicado no blog, veremos o por quê o modelo tradicional não tem mais sentido de ser adotado pelas empresas e por que o modelo moderno, seguido pela PCM Comissionamento e que já foi adotado por algumas das maiores indústrias no Brasil e no mundo, é garantia de sucesso do SEU empreendimento industrial. Para mais detalhes entre em contato conosco através do nosso formulário de contato ou se preferir, pelo telefone +55 (31) 3370-0676, teremos o maior prazer em contribuir positivamente em seu projeto.

Até a próxima!

loading